Archive for abril, 2010

Lei do Photoshop – É ele o vilão?

3 Comments »

Tramina no nosso digníssimo congresso nacional uma lei que se aprovada obriga os anúncios que apresentarem fotos manipuladas digitalmente a exibirem a mensagem: “Atenção: imagem retocada para alterar a aparência física da pessoa retratada”.

Segundo o deputado autor da proposta, o objetivo é “acabar com a idealização do corpo humano pela publicidade”.

Pois bem, é essa a solução para o problema da busca incessante pelo corpo perfeito? Então creio que em breve os nobres deputados, que já votaram todos os projetos importantes que o Brasil necessita, deverão criar uma emenda a essa lei, obrigando os anúncios que apresentarem pessoas com maquiagem a avisarem que a imagem contém pessoas que foram maquiadas para alterar suas aparências. Por que a maquiagem tradicional pode e retoque digital não pode? Por que é possível fazer uma maquiagem que “afina” o rosto do fotografado sem ter que avisar todo mundo? Nada contra as maquiadoras, por favor! Muito pelo contrário, o trabalho dessas profissionais é fundamental para o sucesso de uma fotografia.

Essa “lei” coloca no mesmo nível profissionais da imagem que utilizam a fotografia digital com bom senso e medíocres que pouco sabem sobre anatomia humana e exageram no uso do Photoshop.

A pergunta é: Faz algum sentido essa lei? A resposta é não! Porque é lógico que retoques exagerados não são desejáveis, mas quando ocorrem são facilmente percebido pelo público em geral e acabam gerando uma “propaganda negativa” para o próprio anunciante e para a pessoa retratada. É fácil encontrar na Internet fotos que vazaram das agências mostrando “o antes e o depois”. Alguns são bizarros!

Hoje em dia todo mundo sabe que as fotos sofrem tratamento digital, mas obrigar os anunciantes a explicitarem isso acaba com parte do glamour da fotografia e denigre a imagem dos retratados.

É preciso aceitar que a fotografia digital mudou e continua mudando nossos conceitos relacionados à beleza, arte e publicidade. E que a única saída é o equilíbrio. O Photoshop é uma ferramenta incrível, basta usar adequadamente.

Como já disse nosso ilustre presidente, “Tem lei que pega e tem lei que não pega”, então se essa for aprovada, eu espero que “não pegue”!

Abraços,
André Reyes